Greve fez indústria da construção ter maior queda em 41 meses

A atividade recuou 2,5 pontos, de 46,9, em abril, para 44,4, em maio, na maior retração registrada desde dezembro de 2014

A indústria da construção amargou fortes prejuízos com a greve dos caminhoneiros, que se estendeu pelos últimos dez dias de maio.

A interrupção no transporte de insumos e produtos causou queda da atividade e aumento da ociosidade, além de impactar negativamente a expectativa dos empresários.

fonte: https://exame.abril.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *